Os fornos solares que utilizam parábolas como refletor tendem a ser caros devido as tecnologias utilizadas. Em geral se empregam laminas curvadas de metal polido alicerçadas em estruturas metálicas.

 Este tipo de refletor é extremamente eficiente. Por concentrar os raios de uma dada área em um ponto focal, proporcionando altas temperaturas. Durante minhas pesquisas me deparei com um projeto de forno solar parabólico que utilizava como refletor uma antena de tv, forrada com fita adesiva refletiva. A tv que meu pai assinava faliu! Dominei a antena e pretendia usá-la como refletor. Mas algo me afligia. Gostaria de ter mais refletores parabólicos, fazer experiências diversas e quiçá vender tais fornos! Huuummmm….

Já sei! E se usa-se a antena como fôrma. Assim eu poderia reproduzir esta parábola,  produzindo vários fornos. Legal, mas qual material usar?

Vou tentar algo parecido com papel mache…

A fórmula é simples: papel+cola. Já havia explorado esta técnica na escola quando criança. Esta vaga lembrança conduziu o primeiro teste.

A primeira camada de papel molhado para a peça não grudar no molde:

Depois camada sobre camada de papel com cola, de trigo no caso.

Como resultado uma placa de resistente, porém durante a secagem ela deformou. Empenada não cumpriria a função desejada.

Preciso de uma reprodução fiél da parábola! Cai no Google e comecei a conhecer o papel mache. O que vinha fazendo era papietagem e algumas dicas melhoraram bastante meu segundo teste. Untar a forma com vaselina e sempre sobrepor as tiras das camadas perpendicularmente, além de um esqueleto de papel machê, uma massa de papel batido e cola.

Um resultado muito melhor!

Agora falta colar a camada refletiva e testar no sol.

15/11/10

Colada a camada refletiva, uma fita matalizada autoadesiva encontrada em casa de ar-condicionado, mesmo precisando de alguns ajustes o primeiro refletor parabólico Pleno Sol já ateia fogo em jornal!

About these ads

Sobre Nicolau

Fundador da Pleno Sol. Artesão CNPJ: 15.565.091/0001-80

»

  1. Indik disse:

    Que legal… funciona mesmo!

  2. Maria Althéa disse:

    Oi Nico eu aprendi queimar papel com meu avô,mas com lente de aumento.Também naquele tempo não tinha tv quanto mais parabólica.Parabéns meu professor Pardal !!!!!!!

  3. Cleyton disse:

    Parabens! estava a procura de outro tipo de refletor parabolico mais tive que parar a busca pra ler teu artigo! Muito bacana mesmo! se desenvolver alguma engenhoca pra desidratar frutos não deixa de me avisar não! Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s